terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

TRANSGRESSÃO CINÉFILA

Saldo do mês de janeiro: 14 filmes.
*
Em 2010 me propus a "abrir a cabeça", o que significa mais ou menos como topar filmes que jamais arriscaria. Passado um mês, vamos aos fatos, digo, aos filmes:
*
1. Lula, o Filho do Brasil
Fui à estreia, dia 01/01, Rio de Janeiro, sala lotada. Penso que a história de vida do Lula é infinitamente mais rica que a forma como foi contada e filmada. Confesso que preferia algo mais apelativo como "Filhos de Francisco", afinal, tanto blá blá blá que o filme é eleitoreiro, coisa e tal... Eleitoreiro é o escambau! A cena do discurso do Lula na Vila Euclides é a melhor, e eu queria mais dela. Mas também reconheço que não deve ser fácil fazer um filme de uma pessoa viva, e no poder. Acho até que foi o excesso de zelo que deixou o filme insosso. Não é perdido, não é ruim, mas a história do Lula merecia mais.
$
2. 500 dias com ela
Comédia romântica que cumpre o propósito de "passar o tempo". Nada de mais. Nada de menos. Parece que os homens também amam e sofrem. Ufa!
*
3. NY Eu Te Amo
O melhor do mês. Pequenas e deliciosas histórias. Nada de novo, mas bem contado e o que é melhor, muito bem filmado. Grata surpresa. Recomendadíssimo.
*
4. Procurando Elly
Iraniano. Interessante. Instigante. Misterioso. Causou ansiedade. Claustrofobia. Certamente intencional. Gostei. Só acho que o final poderia ser menos explicado.
*
5. Hunami - Cerejeiras em Flor
Duas amigas o indicaram. Criei expectativas. Não gostei, mas também não odiei. Confesso que chorei e mesmo assim, tucanei! Não recomendo. Pretensioso. Tentou fazer o Kar Wai (coitado!). Desnecessário.
*
6. A partida
Lindíssimo. Concorre fortemente com o melhor do mês (NY Eu Te amo!) e quem sabe com um dos melhores da vida. Ui! Simples. Japa. Corretíssimo.
*
7. Abraços Partidos
Eu tento gostar do Almodóvar, mas ele não ajuda. Pra que tanto? Excessivo na história, não no tamanho do filme. Pelamordedeus, também não tô dizendo que o filme é ruim!
*
8. Julie & Julia
Sessão da tarde gostosinha, ou melhor, saborosinha.
*
9. Amor sem escalas
Bobo. Nada faz sentido. Tempo perdido. Preferia ter dormido. Ainda bem que não paguei o ingresso.
*
10. Ele não está tão afim de você
Bobagem super mega blaster. Assisti no DVD. Por que transformar a mulher numa chatice e burrice sem fim? Não existe. Não é possível! E se depender dos ensinamentos, eles continuarão nem um pouco afim de mim.
*
11. Invictus
Bom filme. Clint maduro. Com um apelo aqui, outro ali, compõe bem com o que se pretende contar. Bonita história. Morgan Freeman arrasa. Deve levar o Oscar. Copa (mesmo sendo de rúgbi) e África do Sul combinam com o momento. Ficou entre os 3 melhores do mês.
*
12. Os Falsários
Mais do mesmo. Bom programa. A história é boa porque é real. No DVD, melhor ainda.
*
13. Sideways
Já tinha assistido, mas como era uma das opções do Boeing 777 da TAM na volta das férias, resolvi assisti-lo novamente, mais pela aula de vinho do que pelo filme em si. É bacana. Bom passatempo para um voo.
*
14. Jornada da Alma
Não fazia a menor ideia do que se tratava. A amiga colocou o DVD, topei. Me surpreendi, possivelmente pelo interesse no tema: amor e loucura. É bom saber que não estou só.
*
No mais, recebi duas dicas de uma mesma fonte (super confiável) para começar o curto fevereiro: "Onde Vivem os Monstros" e "Vício Frenético", este último do Herzog. Quem topa?
*
A mama (que no caso cinéfilo não é lá muito confiável) também ligou dizendo que assistiu "Avatar" e que A-MOU! Olha que ela quase me convenceu... Só que aí eu não estaria com a cabeça simplesmente aberta, mas ES-CAN-CA-RA-DA!

11 comentários:

Liliam disse...

Eu amei Jornada da Alma. Lembro que eu tava começando psicologia e fiquei bem inspirada. O Jung não ta um gato? Parece que, sim, de verdade, ele tinha caso com muitas pacientes. Afe...
Bjos.

Romanzeira disse...

Jornada da Alma é muito, muito bom! Os Falsários é legal, mas realmente é mais do mesmo. Ele não está muito a fim de Vc é como aqueles livros "Entenda quando ele está te dando um fora", ninguem pecisa disso! Amor sem Escalas, sinseramete a sinópse já basta para saber o que vem por aí! Também é dispensavel.

Alessandro disse...

Olá
O fato de nosso gosto cinematográfico ser tão diferente não me surpreende. Mas a curiosa coincidência (?) na avaliação cruel de dois filmes bastante premiados (sideways e amor nas alturas(este indicado a uma porrada de oscars como melhor filme, diretor, roteiro adaptado, atriz coadjuvante...) chamados respectivamente de passatempo de avião e Bobo, me chama atenção.
São ambos delicados dramas da existência masculina e isso me intriga um pouco.
Humildemente, sugeriria que tentasse de novo Amor nas Alturas (prometo pagar o ingresso e uma multa em caso de não mudar de opinião) ou ao menos que refletisse sobre o assunto.
É isso, parabéns pelo blog... bjs

eLi disse...

Que post legal! Adoro filmes, mas não me considero cinéfilo, por não exercitar tanto esse hobby.
Tudo na vida é relativo (minha frase/clichê/chavão de vida).
No meu caso, a avaliação de um filme depende muito do meu estado e nível de abertura para absorver o mesmo. Se é um dia errado, o filme passa e eu nem aí.

"A Partida" é perfeito. Perfeito mesmo. Saí outro da sessão. Postei sobre ele ano passado no meu 20 anos Blues. Fala de mudanças, que todos enfrentam na vida. Do tipo "arrisque-se sim, quem sabe nessa mudança você encontra a sua vida?"

Quanto aos demais, realmente não vi. Pré-descartaria o do Lula. Preconceito com a situação atual dos longas brazucas? Não sei. Confesso que estou desatualizado de filmes. Tenho visto outros fora do comercial, principalmente com os com temática GLS. Muita coisa boa.

E, mesmo o Oscar não sendo modelo de perfeição no quesito "top 10", costumo fazer com minha amiga uma maratona para ver todos os indicados na categoria melhor filme. Espero poder repetir a maratona este ano.

Uma dica, Vanessa! Assista Avatar! Resisti, resisti a assisti-lo e no fim fui! Adoraria saber tua opinião sobre. A minha mudou 100% depois de ter ido vê-lo.

Beijo, beijo!

Vanessa Dantas disse...

Liliam: o Jung tá um gato mesmo! E digo mais, o filme me pegou de um jeito... Você sabe bem o motivo!

Romanzeira: seja bem vinda. Aprochegue-se e volte sempre!

Alê: vamos lá... Avaliação cruel? Que exagerado! Ok, ok, acho que não me expressei muito bem com Sideways, pois de fato, o considero como um bom filme. Aliás, só por isso optei por assisti-lo novamente no avião. Mas mantenho o "bobo" pra Amor Sem Escalas. E você só pode estar maluquete quando diz que esse segundo filme é um delicado drama da existência masculina. Até concordo que Sideways seja, e só. Mas não fique intrigado, meu caro, só conheci uma pessoa além de você que gostou do filme, o que me leva a crer que não estou viajando tanto assim, de modo que NÃO posso topar assistí-lo mais uma vez, pois a multa seria mais do que certa. ;o) Volta mais por aqui? Beijo.

Eli: A Partida é mesmo um filme essencial. Quanto aos filmes do Oscar, achei interessante o programa seu e da sua amiga, mas a mim, francamente, não interessa. Definitivamente não me realizo com os filmes da Academia. Quanto à Avatar, quem sabe? Beijão.

Liliam disse...

Ontem me rendi ao convite do marido e fui ver Avatar. Pra mim, uma experiência desnecessária. Nem as plantas fosforescentes e nem a gata da Michelle Rodriguez me animam a recomendá-lo.
Bjos.

Alessandro disse...

E aí? Parou? Daqui a pouco Amor nas Alturas vai ter ganho 4 Oscars o Santos ganha o Paulista e a Copa do Brasil e nada... Estamos no aguardo...

Bluesman disse...

A lista ainda continua?

Liliam disse...

Só vale se voltar com outro monte de dica de cinema. Ta?
Bjos.

Vanessa Dantas disse...

Liliam, linda! Acabei me entregando ao Avatar, pela mama. Ok, valeu pela experiência 3D!

Alê: seu filme predileto não levou sequer uma estatueta. Quem sabe dá mais sorte com o time?

Bluesman: a lista continua...

Voltei. Com mais 5 filmecos. Tô perdoada? Beijo, beijo.

vitor disse...

'Vício Frenético' é muito bom!
Herzog mandava bem nas décadas passadas e continua mandando muito bem em filmes recentes como 'O Homem Urso', 'O Sobrevivente' e esse com o Nicolas Cage.