terça-feira, 1 de setembro de 2009

PRESENTE DOS BONS

O livro é inteirinho especial.
Poemas do Edu Rodrigues e ilustração do Diogo Pace.
Literatura infanto-juvenil que encanta os adultos amolecados.
*
Poema em punho
vou pra casa dela
mesmo sendo rascunho
*
seu cheiro no ar
entra pelo nariz
sai pelo olhar
*
ouça com calma
é pela voz
que se entra na alma
*
tem dia que é assim
quanto mais ando
mais longe fico de mim
*
um pouquinho por vez
assim aprendi
os sins os nãos e os talvez
*
de perto
mentira é uma verdade
que não deu certo
*
idéia brilhante
me escapa
a todo instante
*
lar é o que contém
as coisas da gente
e a gente também
*
frango com polenta
a tarde ficou
lenta
*
pára de procurar
o que queres
está prestes a te encontrar
*
quase fui feliz
escapei por pouco
foi por um triz

4 comentários:

Gabriela disse...

quase fui feliz
escapei por pouco
foi por um triz

Ótimo!!!!!!! Infanto-juvenil? Adulto pacas.

edu rodrigues disse...

pelos posts abaixo, tá com a vida que pediu a deus, hein? merecida! obrigadíssimo pela deferência e pelo carinho de sempre. fiquei até emocionado. beijão.

eLi disse...

Olá, Vanessa!
Estou passando, em meio à minha correria, pra dizer que nos próximos tempos estarei mais afastado daqui. Começarei minha vida de triulante de navio e pretendo me dedicar a outros tipos de contos. Por isso, os textos serão mais frequentes lá no meu outro blog: o bbb.
Quando quiser e puder, passe lá!

Beijão e até breve!

Vanessa Dantas disse...

Concordo Gabriela! Essa é muito boa mesmo!

Vida que pedi a Deus? Quase Dudu, quase! Você merece, meu querido! "Xero" no cangote.

Valeu Eli! Sucesso na nova etapa. Beijão.