segunda-feira, 3 de agosto de 2009

APENAS O FIM

Li um texto do Domingos de Oliveira na Revista Bravo (que pode ser lido aqui!) em dezembro de 2008 elogiando o referido filme. Fiquei curiosa! Fui e gostei muito!



- Você é uma fraude, sabia? Uma fraude!
Bem bonitinha, mas uma fraude.

*
- Você me ama?
- Falar sobre amor é clichê.
- Falar que falar sobre amor é clichê é que é clichê.
*

- Você foi feliz comigo de verdade?
- Não. Mas a culpa é minha!

- O que você mais gosta de mim?
- Eu gosto do jeito que você toca flauta com o nariz.

*
- Você não é tão diferente assim, preciso te informar isso.
- Boa parte desse monstro que sou hoje é culpa sua.
*

- Eu sou aquela vontade que dá, de repente, de tomar Fanta Uva.
- Você é o Menthos.
*
- Qual o homem mais bonito do mundo pra você?
- Chico e o Johnny Depp.
- Não pode ser outro?

*
- Você vê filmes demais. Vai acabar me amando pra sempre.

*
- A gente se perdeu no momento em que a gente se encontrou.

*
- Vocês mulheres tem uma visão completamente equivocada do que nós pensamos sobre as mulheres. Qual a mulher que a gente mais respeita? Não é a nossa mãe que mostra o peito pra gente logo no primeiro encontro?

*
- Descobrir que a vovó Mafalda era homem
foi traumático para toda uma geração.

*
- Eu vou sentir falta das suas mãos quentinhas.
- E eu do seus pés, sempre gelados.

*
- Você acha que iria gostar de mim se eu não fosse tão complicada?
- Acho. Gostaria sim.
*

- A única diferença entre a arte e a terapia
é que se eu deixar de escrever um dia, não pago a sessão.

*
- Você é meu chicletinho mastigado.

*
- O único lado bom de morrer de amor
é que você continua vivo.


- Ontem eu calculei. Você me deu
13 rosas durante o nosso relacionamento.
*

- Você acredita em Deus?
- O problema não é saber se ele existe ou não.
É saber quando ele tá blefando.

*
- Desculpe. Eu não sei o que é ficar cansado de você.
*

- Como era o seu bilhete?
- Triste, impactante e com cheiro de morango.

*
- O que você acha mais importante: amor ou sexo?
- A primeira opção. Mas qual foi mesmo
a primeira coisa que você falou?

*
- Se você ficasse eu faria de tudo
para eliminar todos os meus defeitos,
mesmo não sabendo direito quais são.

**
- Isso é só o fim. O que importa já foi feito.
- E agora? Agora é o resto das nossas vidas.



Frases do filme APENAS O FIM,
do Matheus Souza (Brasil, 2008).

6 comentários:

hero disse...

"O único lado bom de morrer de amor
é que você continua vivo."

Essa é do Quintana!

Vanessa Dantas disse...

Olá Hero! Seja bem vindo e volte mais vezes! É possível até que os atores tenham citado a autoria da frase no filme e eu não tenha atentado. Acontece.

A frase é boa.

Beijo.

Rodrigo disse...

"Desculpe. Eu não sei o que é ficar cansado de você." É a melhor!!!!

Michelle disse...

Sempre procuro frases de filmes e às vezes perco horas ou chego ao cúmulo de baixar o filme pra tentar achar "aquela" frase. Quando assisti Apenas o fim, até tentei anotar, mas jamais conseguiria no escuro pegar todas as frases de efeito. Pra minha sorte você postou aqui todas as que eu queria!
Gostei do blog!
Abraços

Paulinh@=) disse...

Adoro o diálogo/momento mais nerd do filme:

Ela: A gente é tão diferente, você é tão infantil... olha esse He-Man, você tem um bonequinho do He-man!...
Ele: ... esse aqui é o FANÁTICO, tá... não é o He-Man!

Nerd e perfeito...

Anônimo disse...

Viu, ele deu 43 rosas pra ela e não 13... tá errado aí no seu blog! ;-)